quinta-feira, 22 de junho de 2017

Orquídeas silvestres registradas pela Guaranature em Guararema...

Trizeuxis falcata
Phimatidium delicatum
Oncidium crispum

Oncidium nanum Lindley
Cattleya loddigesii Lindley, var. coerulea 019
Comparettia coccinea Lindlley e seu polinizador  07
 Gomesa crispa (Lindley) K. & Reinchenbach f.

Cyrtopodium andersonii Barb. Rodr. 16

Estas são algumas das orquídeas encontradas na Mata Atlântica em Guararema e região, temos 3000 registros destas e de outras, indicando a boa qualidade de nosso clima!





segunda-feira, 19 de junho de 2017

Pé de passarinho...


  
                                                               
Flores pousadas
                                                                
Galhos cantando
                                                                 
Os frutos que voam
                                                                    
Vão e Vem

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Brasil e sua diversidade natural...











Curicaca

O rio Sucuriú no Mato Grosso do Sul, surpreende pela diversidade de espécies tanto de avifauna como aquáticas.
Trabalhando lá não poderíamos deixar de aproveitar os momentos de folga para fazer registros de alguns seres interessantíssimos como a ema, as misteriosas anhumas, com seus esporões nas asas e uma protuberância na cabeça, um pequeno chifre. Conchas enormes e pássaros que as comem
São animais tão diferentes dos que estamos acostumados a ver aqui que a Guaranature faz questão de compartilhar com os amigos.



quinta-feira, 25 de maio de 2017

FRAGNAÇÃO...


Oportunistas espertos agem na sombra da desunião.
Aí me ocorre um novo termo...
Fragnação!

Nossos povos originais...Palestra.


Conversaremos sobre os primeiros povos a conhecerem o caminho do Mar até a Serra do Itapeti.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Brasil

Talvez achem estranho nós não estarmos falando sobre o momento político.
Mas aqui funciona assim: Temos fé, confiança e concentração na Natureza. 
Se resgatamos uma preguiça de uma situação de risco, ela acorda preguiça no outro dia. 
Se plantamos um guapuruvu, ele vai ser sempre guapuruvú.




Sabemos que o ser humano consegue criar gado e colher "laranjas". 
Esquecemos que fazemos parte da Natureza, vamos ter que pagar pelo que fazemos à Ela, disso ninguém escapará.
Batalhar pela boa política pública, honestamente, como estadistas, patriotas é obrigação de cada um, não deve nos envaidecer.
O que falta ao Brasil e ao Mundo é
VERDADE e AMOR!

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Dois cuidados com a letra "A"...

Caros amigos, nos perguntaram sobre aranhas. Estas dois registros feitos por mim aqui em Guararema, são de armadeiras(Phoneutria (do grego φονεύτρια, latinizado: phoneútria, "assassina"), são bastante comuns em nossa região e como o nome diz, podem ser bem perigosas. Nas estações mais frias elas costumam procurar abrigo em calçados, embaixo de móveis e roupas.
Devemos dar uma olhada antes de calçar botas que ficam fora de casa, roupas penduradas e olhar embaixo de móveis. Não vamos sair matando indiscriminadamente e também não vamos confundi-la com a Lycosa, aquela que conhecemos como aranha de jardim, que é menos perigosa.
Outro cuidado que devemos ter em nossas propriedades rurais é fazer aceiros, que são espaços de 2, 3 e até 5 metros entre terrenos que podem ser queimados, a hora é essa, quando estamos vendo as últimas chuvas e logo entraremos na estiagem. Os aceiros impedem que o fogo caminhe pelo mato e facilitam o combate ao mesmo. OK?



terça-feira, 2 de maio de 2017

Vergonha brasileira....







Nas margens do rio Sucuriú-MS, muitas aves com nomes que tivemos de aprender com os povos originais de nossa terra, àqueles que como Adões deram nome às criações da Divindade, da Natureza. Siriemas, inhumas com suas protuberâncias na cabeça, emas enormes, comedores de caramujos do rio limpo.
Agora estamos presenciando o genocídio à brasileira, índios sendo mortos, expulsos de suas terras, etnias sendo misturadas como nas antigas e cruéis reduções onde muitos índios morrem de depressão, tristeza mesmo.
No comando dos feitores, capitães do mato, buscadores dissimulados de remédios está o ministro da "Justiça" Osmar Serraglio que disse em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo” que “terra não enche a barriga de ninguém”.
Senhor ministro, oriundo da bancada ruralista,sua categoria, sua turma, não tem mínima moral para decidir de quem é a terra no Brasil. O senhor deveria recolher-se ou melhor ainda, fazer história fazendo o que é certo, honesto. Sabia o senhor que até bebês indígenas foram atingidos por balas de borracha?
Mas é sabida a insensibilidade da classe política brasileira, aquartelada em verdadeiras caixas-fortes como a do personagem Patinhas. O senhor nos envergonha, leve assim como os índios, sua família para a frente, para o cara a cara, Tenha a honra de nosso povo!

quinta-feira, 13 de abril de 2017


Uma homenagem da Guaranature aos jovens e crianças do Brasil que com certeza farão melhor que nossa geração por este grande e belo país!
Queridos alunos, eterno Amor e Esperança!
Professor Marcos Grangeiro.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Avistando Pássaros...

Near one of the world's biggest cities, a tiny bird hangs on to existence: São Paulo Marsh Antwren. With SAVE Brasil and government and other partners, we hope to support creation of a municipal wildlife reserve for the critically endangered species. ABC's Dan Lebbin and Bennett Hennessy visited these marshes with Pedro Develey (SAVE Brasil Executive Director) this weekend. The group reports they saw three São Paulo Marsh Antwrens in the late afternoon!

https://www.facebook.com/AmericanBirdConserve/






quarta-feira, 8 de março de 2017

A Guaranature é feminina...

Mais de 500 mulheres no Brasil são vítimas de agressões físicas por hora, segundo Datafolha.
Com certeza, agressões menos físicas como assédio moral, profissional, discriminação, humilhações verbais e psicológicas, elevam este índice para um vergonhoso patamar.
Homens e mulheres devem ter igualdade de direitos, porém nós homens devemos incentivar, abrir espaço e reconhecer que não temos sidos justos e ainda mais, temos medo dessa igualdade de direitos.
Tenho imenso amor e orgulho de minha mulher e filhas mas mesmo este ponto de vista pode ter um traço machista pois quem deve ter orgulho, amar e sentir-se amada é a mulher. Não é um favor, uma condescendência masculina.
Ceder o lugar no transporte público, levar um objeto, comemorar a promoção de uma amiga, confiar no profissionalismo delas, são atos simples mas podem ser um bom treino para sermos homens um pouco melhores.
Meninos, vamos começar desde cedo. Abaixo a violência contra as meninas, as namoradas, a mãe, será que esquecemos que todos tivemos uma mãe?
Lamentável que no dia de vocês mulheres, tenhamos de falar de coisas erradas, ruins mesmos.
Vamos superar, vamos cada vez falar menos de coisas ruins e mais de coisas boas, construir uma sociedade mais equânime e amorosa.
Um grande beijo e muito carinho.
A Guaranature é feminina!

terça-feira, 7 de março de 2017

Chove em Guararema...



Caros amigos, com esta chuva temos que dirigir com mais cuidado nas estradas rurais. Ilustres e pequenos seres também fazem a sua dança...

quinta-feira, 2 de março de 2017




Hoje na trilha, bons flagrantes, infelizmente não consegui registrar, mas um quati e um furão atravessaram o caminho. Bons indicadores da saúde de nosso ambiente. De brinde este belíssimo inseto.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Websérie Você Sempre Bem: Episódio 04

Semeando educação e vida!



“Por onde eu passo, eu dissemino o bem”. É com esse pensamento que o educador Marcos Grangeiro criou a Associação Guaranature. Envolvendo a educação e o cuidado ao meio ambiente, Marcos divulga através de aulas e palestras a importância do cuidado à natureza para crianças, jovens e adultos. E é ele o nosso quarto personagem da Websérie Você Sempre Bem!

https://www.youtube.com/watch?v=WAuUda2VQiQ

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Oscilação Decadal do Pacífico...



Sem querer ser chato e respeitando o "tempo" de cada um, sugerimos para maior compreensão do que estamos sentindo no clima que pesquisem sobre "Oscilação Decadal do Pacífico" (ODP), que diferente do El Niño ou La Niña tem a duração média de 20 a 30 anos. A ODP altera o ciclo e o volume de chuvas, ocasionando a diminuição da capacidade dos reservatórioa que abastecem as grandes cidades. Estamos em plena ODP.
Para amenizar, dois registros nossos do belo céu de Guararema.