sábado, 10 de abril de 2010

A lição do pequeno mestre!

Posted by PicasaA lição do pequeno mestre

Uma tarde no colégio em que trabalhamos, um aluno do infantil de três anos de idade, estava agachadinho, próximo a um arbusto. Totalmente concentrado ele olhava as folhas com um interesse que o tornava “um” com a natureza, focava cada detalhe e isso me chamou a atenção.

Quando passei, ele me disse:” Tio, olha as plantinhas, a gente não vê os bichos, mas eles estão todos aí!” E continuou concentrado.

Isto me passou como um ensinamento que deveríamos aplicar em nossas vidas, pois nós seres humanos, muitas vezes, acreditamos que por não estarmos vendo certas coisas estas não existem mais. Isto é facilmente verificável na questão do lixo que descartamos no planeta.

Lembram quando nós brasileiros, mandamos de volta para a Inglaterra, um navio cheio de lixo de diversas origens, inclusive lixo hospitalar, em 2009? Este lixo entrava no Brasil como material reciclável e nosso país era mais ou menos uma lixeira da Europa! O velho continente não via mais o seu problema e este deixava de existir!

Isso acontecia por ausência de uma postura clara em forma de lei, que tratasse da gestão dos resíduos sólidos, gerados pelo consumo de todos brasileiros. Como não cuidávamos de nossos resíduos, outros países entendiam que não teríamos problemas em receber o lixo deles, como um terreno baldio que o dono não limpa e outros cidadãos começam a descartar suas sujeiras. Devemos comemorar agora a aprovação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) pela Câmara dos Deputados e com certeza poderemos comemorar em breve sua aprovação pelo Congresso. Essa lei vai melhorar a questão da poluição industrial, o descarte da construção civil, organizar o uso das embalagens e sacolinhas plásticas, o descarte dos pneus, protegendo os rios e o lençol freático, evitando as enchentes, além de aumentar a renda de catadores, reutilizadores e recicladores, entre outras vantagens.

É elogiável o esforço de nosso ex-ministro do Meio Ambiente e de deputados federais de São Paulo, de partidos diversos, que lutaram e propiciaram a aprovação da lei.

Enfim, nosso Brasil não será mais aquele terreno baldio que recebe lixo de outros países, pois parafraseando o pequeno mestre, podemos dizer: “Olhem o planeta, às vezes não vemos o lixo, mas ele está por aí!”

2 comentários:

  1. Mais do que petróleo, hoje nosso grande problema é o lixo, sem uma boa política de reciclagem/reutilização dos resíduos o futuro é incerto....
    Muito legal o blog professor...divulgarei certamente! =)

    ResponderExcluir
  2. Denise Grangeiro Rodrigues14 de abril de 2010 18:44

    Estou muito feliz em termos vencido uma batalha nessa guerra prá evitar o fim do planeta. Além de nos achar um imenso quintal, alguns países do mundo considera o Brasil a casa da mãe Joana, onde se pode ir e subtrair riquezas sem nenhum protocolo. Até nossos frutos alguém já quis patentear, lembram? Parabéns pela matéria.

    ResponderExcluir