sexta-feira, 28 de maio de 2010

A lição de mestre Valentim...

Posted by Picasa

Caros amigos, estávamos em Gonçalves, sul de Minas, Mantiqueira, uma cidade linda, com belas paisagens, boas comidas, cachoeiras e um povo acolhedor. Queríamos conhecer um bairro chamado “Mundo Novo” e pegamos uma estrada que a cada canto ou curva, nos revelava uma beleza, ora simples e bucólica, ora exuberante com grandes cachoeiras e vales!
O nome “mundo novo” nos chamou a atenção, em um lugar tão bonito como ainda haveria um mundo novo? Como seria? Pelo caminho avistamos um senhor que andava com vigor, negro, esguio e vestido com uma camisa azul turquesa e por incrível que pareça, uma calça laranja e chapéu. O contraste o fazia parecer vibrante como um pássaro, transmitia uma alegria de encher os olhos!
Pegamos a máquina e tentamos enquadrá-lo para uma foto, ele apertou o passo, nos emparelhamos e como deve ser, pedi permissão para fotografá-lo ,e ele respondeu:
“- Não pode não”!
“- Mas é que o senhor está tão bonito nesta paisagem, gostaríamos de levar uma lembrança”!
“- Não, vocês fazem a foto, levam embora e a gente nunca vê!”
“- É o senhor tem razão, nós estamos indo para frente, aceita uma carona?”
“- Carona eu aceito.”
Tirou o chapéu e entrou no nosso carro e começamos a conversar, perguntamos seu nome e se era morador há muito tempo:
“-Meu nome é Valentim, sou nascido e criado aqui, nestes morros eu plantei muita cenoura, agora estou cansadinho e parei de lidar com a lavoura!”
“- Quantos anos o senhor tem?”
“- Setenta e sete.”
Olhamos-nos dentro do carro e ao mesmo tempo, olhamos para altura dos morros que ele mostrava!
“- Seu Valentim, na verdade queremos ir para um bairro chamado Mundo Novo, é muito longe?”
“- Meu filho, o Mundo Novo é aqui, olha em volta, vocês não estão vendo?”
Ele mostrava que o Mundo Novo estava em torno de nós, era como se não víssemos o óbvio. Enfim, avistamos uma placa que indicava o bairro, para ele parecia não fazer nenhuma diferença!
Ao descer, tirou uma foto conosco e se fundiu na paisagem com seu jeito de pássaro! Guardamos esse momento como a lição do “Seu Valentim” O Mundo Novo depende de nosso olhar, de nossa disposição para não esperarmos e sim agirmos nesse mundo em constante renovação!
Devemos tomar agora, atitudes que podem fazer a diferença, por exemplo, tornar nossa casa sustentável, fazendo captação de águas de chuva, usando lâmpadas econômicas e aproveitando melhor a luz natural. Usando energia solar, fazendo coleta seletiva de lixo, usando equipamentos sanitários de baixo consumo, entre outras atitudes, afinal, o “Mundo Novo” é aqui!

2 comentários:

  1. Denise Grangeiro28 de maio de 2010 18:01

    Profs.: Emocionante a estória do Sr Valentim... Só msm vcs prá atraírem flores, insetos, pássaros, duendes, répteis, elementais e divindades do bem com Seu Valentim! Que Deus coceda à vcs essa dádiva.

    ResponderExcluir
  2. Eta que história bôa!
    Tão simples,uma conversa ligeira com um senhorzinho do mato...mas diz tanta coisa.
    bjs

    ResponderExcluir